Entenda as diferenças entre CBD e THC

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Se torne um paciente Evona e receba
atualizações sobre nosso blog e produtos!

Se torne um paciente Evona e receba atualizações sobre nosso blog!

A Cannabis tem se tornado um assunto muito discutido atualmente, hoje sabemos que ela possui propriedades medicinais incríveis para por exemplo ansiedade, dor crônica, inflamação e depressão. Mas as diferenças entre CBD e THC ainda confunde muita gente.

A planta possui cerca de 140 canabinóides mas dois deles são muito popular, o CBD e o THC. Mas afinal, quais são as verdadeiras diferenças entre CBD e THC? Como eles afetam nossa percepção e organismo?

Muitas pessoas não arriscam o uso do CBD por medo de afetar seu comportamento no trabalho ou em casa, mas essa preocupação é desnecessária por que diferente do THC, o CBD não possui efeitos psicoativos. Em outras palavras, ele não “chapa”. Isso significa que independente do método que você consumir CBD, ele não vai te deixar paranóico ou com uma falsa percepção de espaço e tempo.

Meditação e Yoga são atividades que complementam bem um tratamento com CBD.

Um detalhe muito importante acerca das diferenças entre CBD e THC, é que quando eles agem em conjunto no organismo eles são capazes de atingir efeitos medicinais mais potentes pois o CBD diminui os efeitos colaterais do THC.

Isso possibilita o tratamento de condições mais severas e consequentemente, melhora vidas. Isso significa por exemplo, que uma capsula de gel com alto teor de CBD e a quantia máxima de THC permitida por lei (0.3%) é capaz de tratar diversos tipos de problemas de saúde.

As Diferenças entre Cannabis Industrial, Medicinal e Recreativa

Os termos cânhamo e maconha servem para distinguir duas variedades da planta cannabis que fazem parte da mesma família, mas que são opostos em termos de legalização e utilidade.

Flores de Cânhamo Com Folhas e Galhos Removidos

O cânhamo representa a familia medicinal e industrial da Cannabis, medicinal pois sua quantidade de CBD é muito maior que a quantidade de THC e industrial por que a planta pode ser usada pra diversas aplicações, como por exemplo fibra ou biocombustível.

A quantidade exata de CBD no cânhamo costuma variar entre 10-20% e a de THC se limita ao máximo em 0.3%. É importante citarmos que a semente de cânhamo é rica em nutrientes como ômega-6 e aminoácidos, mas não possui CBD em sua composição.

Em âmbito industrial, o cânhamo é usado como matéria prima em diferentes indústrias, seus galhos, raízes e sementes podem ser usados como alimento, óleo, biocombustível, fibra e outros.

“Maconha” é o nome popular dado à cannabis de uso recreativo, sua principal diferença é a alta quantidade de THC (maior que 0.3%) na sua composição e o fato de que ela ainda é proibida em diferentes países.

Conheça o CBD (Canabidiol)

Nas diferenças entre o CBD e o THC, se destaca o fato de que o CBD (Canabidiol) tem se tornado um composto legalizado em diversos países do mundo, incluindo por exemplo EUA, Canadá e Brasil.

O CBD se tornou popular por promover um tratamento terapêutico na mente e no corpo. Sua interação com o sistema endocanabinóide do corpo humano cria uma sinergia no organismo que resulta em relaxamento e bem estar.

Um estudo descobriu que uma dose diária de CBD é capaz de ajudar pessoas com ansiedade social a fazer discursos em público. Outro estudo provou que o CBD pode ajudar a aliviar a ansiedade das seguintes maneiras:

  • Reduzir o Stress
  • Diminuir efeitos fisiológicos da ansiedade
  • Induzir sono em casos de insônia
  • Síndrome de estresse pós-traumático

Conheça o THC (Tetrahidrocanabinol)

O THC costuma ser conhecido pelas suas propriedades psicoativas, em outras palavras, assim como por exemplo, o álcool, o THC é capaz de afetar as funções motoras e neurológicas. É especificamene por isso que o seu uso ainda é vetado no Brasil e em muitos outros países.

Assim como o CBD e apesar dos efeitos psicoativos, o THC também possui propriedades medicinais, a comunidade científica tem publicado estudos que provam que a potência dos seus efeitos, quando combinada com o CBD, é capaz de tratar sintomas específicos que apenas o CBD sozinho não conseguiria.

Outra característica importante de se considerar é que um alto nível de THC é capaz de impulsionar efeitos psiquíatricos como paranoia, ansiedade e comportamentos viciosos. Então muita cautela é indicada no uso recreativo da Cannabis.

Efeitos Positivos do THC

  • Euforia
  • Alegria
  • Criatividade
  • Apetite
  • Foco
  • Conversação
  • Sensibilidade Auditiva

Efeitos Negativos do THC

  • Baixo tempo de resposta
  • Mal desempenho da memória
  • Impulsividade
  • Falta de Motivação
  • Paranóia

Conclusão

Agora que entendemos um pouco melhor as diferenças entre CBD e THC, fica mais claro a diferença entre o uso medicinal, uso industrial e o uso recreativo da planta.

Apesar de fazerem parte da mesma espécie, cada uma possui características exclusivas que quando usadas em conjunto, resultam em um fenômeno chamado “Efeito Comitiva”, mas esse é um assunto pra outro dia.

Viva Melhor

Sobre

A missão da Evona é construir um mundo onde pessoas se importam profundamente com o que consomem. Sabemos que nossos consumidores estão cansados de produtos industrializados e de prescrições farmacêuticas. Ao oferecer pro mundo produtos orgânicos e seguros, buscamos criar um futuro onde qualquer pessoa possa se beneficiar com hábitos e produtos saudáveis.

EvonaMD é a nossa plataforma médica criada com o propósito de auxiliar qualquer pessoa que tenha interesse em começar um tratamento com derivados de CBD. Queremos te auxiliar a conseguir uma prescrição médica e adquirir seu primeiro produto de CBD. Se inscreva em nossa newsletter para receber nossos artigos e saber quando lançarmos o programa de pacientes.

Disclaimer

Essa informação não foi revisada pela ANVISA e não deve ser usada para diagnosticar, tratar ou curar nenhuma condição. Para isso consulte um médico especialista. Nosso conteúdo não busca encorajar o consumo de cannabis ou ajudar a diagnosticar e tratar nenhum tipo de condição, para isso, consulte um médico especialista.

Se torne um paciente Evona e receba
atualizações sobre nosso blog e produtos!

Se torne um paciente Evona e receba atualizações sobre nosso blog!