Tratamento com CBD: Qual a dosagem correta?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Se torne um paciente Evona e receba
atualizações sobre nosso blog e produtos!

Se torne um paciente Evona e receba atualizações sobre nosso blog!

Saber dosar a quantidade de CBD no tratamento de algumas desordens pode se tornar um tanto quanto confuso para muitos médicos e pacientes utilizadores deste método.

A dosagem correta acarreta numa eficácia muito mais significativa no tratamento de diversas doenças, sem contar que, cada uma delas, demanda de uma quantidade diferenciada, e cada paciente também.

Dosagem Incorreta

Ao contrário do senso comum, tomar uma quantidade maior de CBD do que o necessário, não faz com que seu efeito seja potencializado, na verdade, altas doses podem fazer com que o tratamento não gere eficácia alguma.

São diversos os fatores para garantir os efeitos corretos do CBD, onde os mais importantes são a “Biological Makeup” e o tipo de desordem a ser tratada.

Muitas das pesquisas financiadas pelo Instituto Nacional de Saúde Americana foram direcionadas ao tratamento de epilepsia. Os estudos apontaram que houve um potencial significativo no tratamento de crianças utilizando altas doses de CBD, onde uma dose diária superior a 600mg reduziu em 39% a frequência das convulsões. Entretanto, a partir de informações sobre auto-experimentação e relatos não oficiais, baixas doses do CBD se mostram mais eficazes em casos como de ansiedade, dores e outras desordens.

O CBD também é um ótimo aliado para a perda de peso.

A influência do corpo

De acordo com o Dr. Jordan Tishler, MD, Harvard physician e President of InhaleMD and the Assossiation of Cannabis Specialists, O peso do paciente pode influenciar nas dosagens, mas o que mais deve ser levado em consideração, são os percentuais de gordura. Todos os canabinóides são lipofílicos, ou seja, são atraídos pela gordura, o que dificulta a absorção pela corrente sanguínea.

Em sua teoria, em uma alta ingestão de CBD, 70% é direcionado para sua gordura, e apenas 30% circulam pelo sangue. Se o paciente tiver uma porcentagem maior de gordura corporal, possivelmente haverá uma menor absorção, diferentemente de um paciente com um percentual menor de gordura, que poderá sentir efeitos mais intensos de uma dosagem menor.

Entender a proporção correta para seu tratamento de CBD é muito importante. Consulte um médico terapêutico para mais informações.

A zona segura

Logo, aumentar as doses não traz mais efetividade. Na verdade, é necessário encontrar uma média para as doses, o que chamamos de Safety Zone. Estima-se uma quantidade ideal de CBD, baseado na desordem que está sendo tratada e no biotipo da pessoa. Por exemplo, doses relativamente menores para ansiedade em comparação com doses altas para epilepsia.

Proporções

Assim como a dosagem influencia diretamente na eficiência do tratamento, a proporção de CBD:THC é de igual importância para o tratamento correto de determinadas condições. Consulte com seu médico para entender melhor qual é a melhor proporção para a condição que você busca tratar.

Conclusão

Mais pesquisa é sempre a solução. O CBD se mostra cada vez mais efetivo no combate de diversos problemas na atualidade, e saber a quantidade de pessoas beneficiadas por ele é revigorante.Isso faz com que a pesquisa contínua se torne uma prioridade, para que os métodos aplicados se tornem cada vez mais eficazes e tragam mais resultados positivos na área da medicina.

Evona™

Sobre

A missão da Evona é construir um mundo onde pessoas se importam profundamente com o que consomem. Buscamos criar um futuro onde qualquer pessoa possa se beneficiar com produtos saudáveis de maneira prática.

EvonaMD é a nossa plataforma médica criada com o propósito de educar o mercado e auxiliar qualquer pessoa que tenha interesse em começar um tratamento com derivados de CBD. Auxiliamos nossos pacientes a conseguir uma prescrição médica e adquirir seu primeiro produto de CBD. Se inscreva em nossa newsletter para receber nossos artigos e saber quando lançarmos o programa de pacientes.

Disclaimer

Essa informação não foi revisada pela ANVISA e não deve ser usada para diagnosticar, tratar ou curar nenhuma condição. Para isso consulte um médico especialista. Nosso conteúdo não busca encorajar o consumo de cannabis ou ajudar a diagnosticar e tratar nenhum tipo de condição, para isso, consulte um médico especialista.

Se torne um paciente Evona e receba
atualizações sobre nosso blog e produtos!

Se torne um paciente Evona e receba atualizações sobre nosso blog!